Pelotas tem praia? Conheça o Laranjal e outros balneários pelotenses


O sujeito acorda, abre a janela e encanta-se com o céu de brigadeiro, sem nuvem alguma. Abre um sorriso, enche os pulmões e diz: “hoje vai dar praia!”.

Dá os primeiros passos na areia fofa, encontra um bom lugar e arma cadeira e guarda-sol. Acomoda-se e relaxa ao som das ondas quebrando.

Você sabia que o pelotense tem acesso fácil a tudo isso? Tirando o barulho das ondas, porque as praias de Pelotas são banhadas pela plácida Lagoa dos Patos, com suas águas calmas e serenas, em contraste com o revoltoso mar do litoral gaúcho.

A mais conhecida é a Praia do Laranjal, um dos lugares mais bonitos da cidade. Não conhece? Então siga a leitura!

As belezas da Praia do Laranjal

O Laranjal é uma bela praia que fica a pouco mais de 10 km (por volta de 20 minutos de carro) do Centro de Pelotas. É como as demais praias que você conhece: tem uma avenida paralela à orla, um calçadão e uma faixa de areia que margeia as águas.

A diferença é que a água é doce (mas pode estar salgada em tempos de estiagem, quando a lagoa é mais abastecida pelo mar do que pelos rios) e tranquila.

A praia é um ponto de encontro tradicional dos pelotenses. Nos fins de semana, o lugar bomba, com gente de todas as idades levando seu chimarrão pra botar o papo em dia e apreciar a paisagem.

Para quem vai de carro, a logística é muito fácil, pois ao longo de toda a orla há lugares para estacionar junto ao calçadão, em frente à lagoa.

Uma das principais atrações é o trapiche, uma plataforma de madeira que avança sobre as águas da lagoa. É um verdadeiro cartão postal. Experimente tirar uma foto da lagoa com o trapiche na hora do nascer do sol — é lindo!

A praia é equipada com banheiros e guarita de salva-vidas e é um ótimo local para a prática de esportes, com aparelhos de ginástica ao ar livre, calçadão para corridas e caminhadas, ciclofaixa para pedaladas e quadras para jogar futevôlei, vôlei de praia e beach tennis.

Além disso, também dá para surfar no Laranjal! Não da maneira tradicional, claro, mas nas modalidades windsurf e kitesurf. Quando os ventos são propícios, é comum ver muita gente praticando suas manobras na lagoa.

E o visitante também pode tomar um banho de lagoa! Nesse caso, o recomendável é acompanhar os dados de balneabilidade divulgados pela Fepam. Para isso, acesse o Mapa de Balneários e dê zoom em Pelotas. Os pontos marcados em verde representam locais próprios para banho; nos vermelhos, os banhos não são recomendados.

Conheça as outras praias da região

Além da infraestrutura da praia, o próprio bairro do Laranjal é repleto de restaurantes, bares e lancherias. Assim, você pode chegar pela manhã, almoçar ali perto e depois voltar para a praia.

Ou então pode aproveitar para visitar as outras praias próximas ao Laranjal, como a Praia do Totó e a Praia do Barro Duro (Balneário dos Prazeres). Outra opção legal é fazer um passeio de barco pela quase inabitada Ilha da Feitoria.

E já que você gosta de praia e está na região, uma ideia de passeio é esticar a viagem até Rio Grande e conhecer a Praia do Cassino — que briga com a também gaúcha Praia do Hermenegildo pelo título de maior praia do mundo.

E aí, gostou de saber mais sobre as praias de Pelotas? Para conhecer outras atrações, faça o download do guia Pelotas de A a Z, com tudo que você precisa saber sobre a cidade!

Se a sua intenção é morar no Laranjal, temos ótimas opções de imóveis para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.