Comprar imóvel agora ou esperar?


Vivemos um período de muita incerteza, que incita vários questionamentos. No mercado imobiliário, uma dúvida que aparece bastante é se vale a pena comprar imóvel agora ou se é melhor esperar a pandemia passar.

Apesar de a prudência ser sempre recomendável em momentos de crise, é um bom momento para comprar imóveis.

Por que é um bom momento para comprar um imóvel?

Antes da pandemia, já tínhamos um cenário de oferta de imóveis grande em relação à procura, o que resulta em melhores condições para a compra. Além disso, temos que considerar dois aspectos.

Proprietários propensos a vender

Muitos proprietários têm imóveis como investimento e não pensavam em vendê-los antes da pandemia. Diversas situações causadas pela crise estão fazendo com que eles repensem isso.

“Muitos deles são empresários, pessoas que precisam de um capital de giro para investimento na sua empresa ou para manter a folha de pagamento por alguns meses”, explica Francisco Marzullo, gerente comercial da Casarão Imóveis.

Compradores repensando a moradia

Com as novas rotinas que surgiram devido à pandemia, aparecem também novas necessidades. Um exemplo é o home office, uma tendência que muitas empresas estão experimentando agora por força maior, mas que deve permanecer mesmo sem coronavírus.

Acontece que trabalhar em casa é muito mais confortável e produtivo quando há um lugar espaçoso e silencioso com uma escrivaninha, computador e cadeira. “Há clientes que querem dar um upgrade porque se viram na pandemia com uma peça a menos para montar seu home office”, conta Marzullo.

Além disso, existe a necessidade do lazer. Como ter qualidade de vida sem poder sair de casa como antes? “As pessoas procuram apartamentos com uma sacada, com churrasqueira ou em um condomínio com área de lazer, para ter um pouco mais de conforto. Ou ir de um apartamento para uma casa com pátio”, pontua o gerente comercial da Casarão.

Por fim, o cenário de taxa de juros baixa diminui a rentabilidade do dinheiro guardado em banco, tornando o investimento em imóveis uma boa opção para aumentar seu patrimônio e obter renda com a sua locação.

Esses motivos indicam que a compra de um imóvel neste momento não é somente uma questão de oportunidade, mas também de melhorar a qualidade de vida em tempos tão difíceis.

Imobiliária é seu braço direito

As necessidades latentes, tanto do lado do proprietário quanto do comprador, podem gerar um certo senso de urgência. Como tomar as melhores decisões nesse cenário e evitar ser prejudicado em um negócio tão importante?

O trabalho de uma imobiliária de confiança é fundamental nessa hora, pois ela faz a intermediação entre as duas partes buscando um equilíbrio, ou seja, o melhor negócio possível para ambos.

“Meu lema é que não devemos fazer a venda pela venda. O corretor não deve ser um tirador de pedidos, mas sim um consultor, que vai ajudar o cliente a encontrar o melhor imóvel para ele, com condições que sejam confortáveis para ele pagar”, comenta Marzullo.

Já na conversa com o proprietário, orienta-se que ele coloque seu imóvel à venda dentro da realidade do mercado. “A gente mostra para ele o cenário de forma muito honesta. Não adianta iludir e dizer que o imóvel vale mais do que o mercado está pagando”, conclui.

Com uma atuação ética, a imobiliária ajuda o proprietário a obter o capital de que precisa e o comprador a ter uma rotina mais confortável ou fazer seu dinheiro render.

Gostou do artigo? Então compartilhe o link com seus amigos nas redes sociais. Se tem alguma dúvida ou sugestão, deixe um comentário abaixo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.