Casarão integra o Tijolo, hub de inovação do mercado imobiliário

Casarão integra o Tijolo, hub de inovação do mercado imobiliário

Foi inaugurado, nesta semana, o Tijolo, hub gaúcho de inovação focado no mercado imobiliário e de construção civil.

É uma grande novidade para o mercado do Rio Grande do Sul e também para a Casarão Imóveis, que é uma das empresas que integra o hub.

Com essa participação, esperamos ampliar nossos horizontes e trazer ainda mais a cultura da inovação para a imobiliária, levando em conta que “inovação e criatividade” é uma das competências que temos como meta desenvolver em todas as esferas da empresa.

Além disso, a Casarão deseja colaborar com o segmento, com sua experiência de mais de 47 anos atuando no mercado imobiliário do sul do RS e seguindo a ideia de que as inovações são, cada vez mais, cocriadas por todas as empresas e organizações.

Siga em frente e entenda melhor este movimento!

O que é o hub de inovação Tijolo?

Hubs de inovação são iniciativas que integram vários atores do ecossistema de inovação, como empresas tradicionais, startups, universidades e governo.

O Tijolo atua como um hub de inovação do setor imobiliário e de construção civil e tem como propósito impactar a forma como as pessoas habitam no Brasil.

Com um espaço físico localizado no Instituto Caldeira, em Porto Alegre, o Tijolo tem como coordenadora e principal articuladora a An Innovation Lab, responsável pela execução das atividades e ativação da comunidade do hub.

Benefícios do Tijolo para as empresas participantes

  • Soluções para desafios reais do negócio;
  • Marketing e branding, ter a marca associada à inovação;
  • Lab de inovação dentro do Instituto Caldeira;
  • Educação e estímulo ao empreendedorismo;
  • Difusão da cultura da inovação;
  • Capacitação humana e retenção de talentos;
  • Conexão com o ecossistema;
  • Participação de novas empresas e startups;
  • Contato direto com as tecnologias de ponta. 

Por que a Casarão decidiu fazer parte?

As empresas participantes do Tijolo têm acesso a uma série de recursos, como a utilização do espaço físico, visibilidade de marca em ações do hub, acesso a investimento e conexão com universidades e startups.

Também haverá a possibilidade de participar de podcasts e eventos como meetups, workshops e missões corporativas, além de programas como hackathon e meltdown.

O Tijolo também buscará uma conexão com a Casarão a nível estratégico, ajudando a criar um plano de ação em inovação.

“Eles vão entender um pouco sobre as dores da nossa operação e fazer um diagnóstico da imobiliária para entender a sua maturidade em termos de inovação. Teremos acesso a capacitações para tornar nossa equipe mais voltada para a inovação e tecnologia”, conta João Pedro Neves, CEO da Casarão.

Segundo ele, a iniciativa se conecta totalmente com seus planos de tornar a empresa mais colaborativa, que compartilha mais com o mercado.

No Tijolo, a Casarão estará próxima de grandes players, imobiliárias gigantescas a nível estadual e até nacional. “Vincular a marca a isso é bem interessante, mas o principal é fazer parte do ecossistema, respirar o ar de inovação e tecnologia e participar da nova economia, baseada em pessoas, processos e tecnologia”, conclui o CEO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.