Quanto custa morar em Santa Maria? 1


Por ser a maior cidade da região central do Rio Grande do Sul, Santa Maria é também um importante polo universitário e militar. Na educação, a instituição de maior destaque é a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), que atrai inclusive estudantes de outras regiões e estados. Por isso, a cidade está sempre recebendo novos moradores, e a primeira coisa que eles querem saber é quanto custa morar em Santa Maria.

A resposta é: depende. De vários fatores. Se você está prestes a se mudar, certamente está procurando uma resposta mais objetiva, então vamos tentar responder melhor. Vai ficar mais fácil entender quanto custa morar em Santa Maria se dividirmos os gastos por categorias, como fizemos a seguir. Haverá duas estimativas de despesa mensal para cada uma dessas categorias. Vamos lá:

1. Aluguel

Será, provavelmente, a sua maior despesa. O dinheiro que você vai gastar com aluguel dependerá da localização e tamanho do imóvel e das condições do apartamento e do prédio. Um apê de um dormitório pode custar entre R$ 500 a R$ 1000 no centro da cidade, mais R$ 150 a R$ 200 de condomínio.

A dica, aqui, é chamar a galera. Você poderá ter uma boa economia alugando um apartamento de três dormitórios, que custa entre R$ 1000 a R$ 1500, mais os R$ 150 a R$ 200 de condomínio. Além de dividir o valor do aluguel com seus colegas, você não precisará arcar com gastos como internet, produtos de limpeza e manutenção sozinho.

Orçamento 1: R$ 550 (dividindo entre três)

Orçamento 2: R$ 750 (morando sozinho)

A Casarão está sempre preocupada com os estudantes. Por isso, criamos um sistema de buscas especializado, que escolhe os imóveis de acordo com suas preferências. Encontre o lugar ideal para morar aqui.

2. Transporte

A melhor opção para ir até a universidade é pegando ônibus. Você vai solicitar um cartão de estudante do Sistema Integrado Municipal (SIM) e pagará apenas R$ 1,65 a passagem unitária. Se você não abre mão da comodidade do carro, terá gastos bem maiores com gasolina, estacionamento, etc. A dica, nesse caso, é dar caronas para colegas e rachar essas despesas.

Orçamento 1: R$ 70 (usando o SIM diariamente)

Orçamento 2: R$ 200 (usando carro para ir para a aula e táxi para as festas)

3. Alimentação

Será, talvez, a sua principal despesa depois do aluguel. Para quem adora um bom xis, Santa Maria é um paraíso, mas você não vai se alimentar de lanches todos os dias, né? Se você é estudante da UFSM, poderá almoçar no Restaurante Universitário (RU) e pagar somente R$ 2,50 por uma refeição. Barbada, né?

Outra opção econômica é cozinhar. Não tem habilidade nenhuma na cozinha? Ligue para a sua mãe e peça socorro. Peito de frango, arroz e salada, por exemplo, é um prato saudável, econômico e fácil de fazer.

Orçamento 1: R$ 300 (almoçando no RU e cozinhando)

Orçamento 2: R$ 600 (almoçando fora e jantando em locais bacanas)

4. Lazer

Eis uma categoria que varia bastante. Afinal, você pode ter hobbies que não custam nada ou que são caros. Você gasta apenas a sola do sapato e erva-mate se o programa do fim de semana for um chimarrão com os amigos no Parque Itaimbé. Ou zero pila aproveitando a biblioteca da universidade e se ocupando com boas leituras. E na televisão, pode gastar dinheiro com cinema e TV por assinatura ou pagar R$ 19,90 por mês com o Netflix.

Mas quem curte um agito vai gastar mais. Como cidade universitária, Santa Maria é um ótimo lugar para quem gosta de festas. Mesmo assim, você pode escolher entre as mais badaladas, que cobram entrada, ou os botecos com cerveja mais barata. Outra opção legal é o Centro de Evento das da UFSM, onde são realizadas festas organizadas por estudantes, com preços bem amigáveis aos universitários.

Orçamento 1: R$ 200 (Netflix, cerveja barata e programas outdoor)

Orçamento 2: R$ 600 (cerveja artesanal, festas com ingresso e cinema)

5. Outros

Você ainda terá gastos menores que, somados, pesam bastante no bolso. A maioria é possível dividir com os roommates, caso os tenha, como água, gás, manutenção do apartamento, internet e produtos de limpeza. Outros, como remédios e produtos de higiene pessoal, é com você.

Orçamento 1: R$ 160 (dividindo o apê entre três)

Orçamento 2: R$ 450 (pagando sozinho)

Afinal, quanto custa morar em Santa Maria?

Antes de chegar ao resultado final, lembramos que os valores acima são apenas estimativas. Se você quiser, sempre conseguirá pagar menos que o orçamento 1 e, claro, mais que o orçamento 2 – ou então um valor intermediário entre os dois.

Dito isso, considere a sua realidade, acrescente outras despesas que você já sabe que terá, como materiais para a aula, e faça a conta. E aí, quanto deu?

Para conhecer ainda mais sobre essa cidade que será sua nova casa, a Casarão preparou um guia do estudante com dicas e informações variadas que vão te ajudar. Confira aqui.

Caso você tenha ficado com alguma dúvida, deixe um comentário abaixo que responderemos com prazer.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “Quanto custa morar em Santa Maria?